domingo, 1 de fevereiro de 2009

O bolso esquerdo rasgado


" Num certo dia, quando tudo, na verdade, parecia errado, pus-me a pensar:


"Para que eu sirvo? Porque eu nasci?

qual o motivo da minha existência?"



Então, retirei-me dali, fui buscar algo que pudesse me mostrar

todas as respostas das minhas perguntas.

Parti então numa aventura, preenchendo meu corpo e o poluindo

com tudo aquilo que eu ouvia dizer ser "bom"...

Mas, sem perceber, acabei me afundando num Lamaçal de erros;

pensei até em retirar de mim aquilo que não me pertencia:


"Minha Vida"


Como um 'corpo-seco', sem alma, sem vida vaguei sobre esta terra

numa busca incessante e sem ponto de chegada.

Até que um dia, enquanto dormia sob papelões numa praça antiga,

abandonada e sem luz,como eu,

Um homem se aproximou, não era muito elegante,

nem tão pouco tinha cheiro de rosas do campo,

pelo contrário era de aparência humilde, vestia uma camisa

que tinha um rasgão no bolso esquerdo,

desodorante talvez nem fosse necessário, acho que ele passa um limão e pronto !

seu perfume era o cheiro de um sabonete barato,

não chamava a atenção de quem o via.


Então despertei !


Mas algo nele me chamou a atenção,

não sei se a sua simplicidade se destacava em meio aos vaidosos

só sei que ele me olhou de um jeito novo, tão novo

que me fez esquecer o passado.

Então ele se aproximou de mim, e lentamente

numa calma tão sublime,

retirou do bolso rasgado da camisa um pedaço de papel

depositou-o em minhas mãos

bateu no meu ombro como um gesto singelo e fraterno

levantou-se e foi !


olhei oque tinha no papel

era um endereço, uma frase e umas siglas com números.

fiquei matutando o que aquilo significava,

pensei em rasgá-lo e jogá-lo fora mas a frase nele contida

não me deixava fazer isto, estava escrito:


"Vinde vós todos que estais cansados, e eu vos aliviarei o fardo"


no outro dia, nem fome tive, a única coisa de que eu tinha fome

era de saber onde era aquele local !

sai cedo e fui em busca do local, era como se

eu retomasse minha busca mas agora com um horizonte a seguir.


Para minha alegria, cheguei ao local !

Era outra praça, mas ela tinha algo especial

ela era conhecida como:



Praça do Sagrado Coração de Jesus ou praça da Matriz



Entrei na Igreja e fiquei admirando toda aquela bela arquitetura,

algumas pessoas iam chegando para rezar o terço da Misericórdia,

foi quando eu vi a imagem do Sagrado Coração de Jesus e


me surpreendi !


Por que percebi q sua face era a mesma face do senhor q havia me dado o endereço

da Igreja, mas o que realmente me fascinou

foi ver que aquele senhor era Jesus

e que ele não só veio até mim com um bolso rasgado,

mas veio também com um coração transpassado.

E que desse coração jorrava Sangue e Água

para me salvar !


(Robinho GPN)


" Se você está cansado, sem lugar para repousar, venha ao coração Sagrado de Jesus que aberto está. Pois ele quer te dar muito amor e Curar suas feridas, alegra-te irmão: Felicidade não é ilusão"

2 comentários:

samara disse...

Nunca li algo tão profundo e simples soubeste exatamente como tocar no intimo e profundo do ser de cada pessoa que ler o teu blog.
Também de vc só deve se esperar coisas boas, me orgulho por hoje ser sua amiga sabendo extrair de vc tudo de bom e maravilhoso,que deus possa a cada dia tirar e transmitir o maximo do seu amor.obg e que Deus te abençoe hoje e em todos os dias de sua vida.

Lorena Larry disse...

Liindo Moongee!!!


Tah mt liindo o blog!
s2 te amo

domingo, 1 de fevereiro de 2009

O bolso esquerdo rasgado


" Num certo dia, quando tudo, na verdade, parecia errado, pus-me a pensar:


"Para que eu sirvo? Porque eu nasci?

qual o motivo da minha existência?"



Então, retirei-me dali, fui buscar algo que pudesse me mostrar

todas as respostas das minhas perguntas.

Parti então numa aventura, preenchendo meu corpo e o poluindo

com tudo aquilo que eu ouvia dizer ser "bom"...

Mas, sem perceber, acabei me afundando num Lamaçal de erros;

pensei até em retirar de mim aquilo que não me pertencia:


"Minha Vida"


Como um 'corpo-seco', sem alma, sem vida vaguei sobre esta terra

numa busca incessante e sem ponto de chegada.

Até que um dia, enquanto dormia sob papelões numa praça antiga,

abandonada e sem luz,como eu,

Um homem se aproximou, não era muito elegante,

nem tão pouco tinha cheiro de rosas do campo,

pelo contrário era de aparência humilde, vestia uma camisa

que tinha um rasgão no bolso esquerdo,

desodorante talvez nem fosse necessário, acho que ele passa um limão e pronto !

seu perfume era o cheiro de um sabonete barato,

não chamava a atenção de quem o via.


Então despertei !


Mas algo nele me chamou a atenção,

não sei se a sua simplicidade se destacava em meio aos vaidosos

só sei que ele me olhou de um jeito novo, tão novo

que me fez esquecer o passado.

Então ele se aproximou de mim, e lentamente

numa calma tão sublime,

retirou do bolso rasgado da camisa um pedaço de papel

depositou-o em minhas mãos

bateu no meu ombro como um gesto singelo e fraterno

levantou-se e foi !


olhei oque tinha no papel

era um endereço, uma frase e umas siglas com números.

fiquei matutando o que aquilo significava,

pensei em rasgá-lo e jogá-lo fora mas a frase nele contida

não me deixava fazer isto, estava escrito:


"Vinde vós todos que estais cansados, e eu vos aliviarei o fardo"


no outro dia, nem fome tive, a única coisa de que eu tinha fome

era de saber onde era aquele local !

sai cedo e fui em busca do local, era como se

eu retomasse minha busca mas agora com um horizonte a seguir.


Para minha alegria, cheguei ao local !

Era outra praça, mas ela tinha algo especial

ela era conhecida como:



Praça do Sagrado Coração de Jesus ou praça da Matriz



Entrei na Igreja e fiquei admirando toda aquela bela arquitetura,

algumas pessoas iam chegando para rezar o terço da Misericórdia,

foi quando eu vi a imagem do Sagrado Coração de Jesus e


me surpreendi !


Por que percebi q sua face era a mesma face do senhor q havia me dado o endereço

da Igreja, mas o que realmente me fascinou

foi ver que aquele senhor era Jesus

e que ele não só veio até mim com um bolso rasgado,

mas veio também com um coração transpassado.

E que desse coração jorrava Sangue e Água

para me salvar !


(Robinho GPN)


" Se você está cansado, sem lugar para repousar, venha ao coração Sagrado de Jesus que aberto está. Pois ele quer te dar muito amor e Curar suas feridas, alegra-te irmão: Felicidade não é ilusão"

2 comentários:

samara disse...

Nunca li algo tão profundo e simples soubeste exatamente como tocar no intimo e profundo do ser de cada pessoa que ler o teu blog.
Também de vc só deve se esperar coisas boas, me orgulho por hoje ser sua amiga sabendo extrair de vc tudo de bom e maravilhoso,que deus possa a cada dia tirar e transmitir o maximo do seu amor.obg e que Deus te abençoe hoje e em todos os dias de sua vida.

Lorena Larry disse...

Liindo Moongee!!!


Tah mt liindo o blog!
s2 te amo